MINHA VISÃO SOBRE O PSICOPATA HOJE

Quando comecei a trabalhar em Instituição Privativa de Liberdade, pude me deparar com uma situação muito estranha, achava que todo criminoso era um psicopata, e nunca imaginei que viria descobrir que o psicopata se difere dos demais prisioneiros, o que segundo Glória Perez, o tira do terreno do crime, ainda que todos vivam de matar sonhos, esperanças, a confiança que os outros depositam nele. (citado no livro mentes perigosas – Dra. Ana Beatriz).
Passei a acretidar então que os que estão no meio carcerário merecem uma segunda chance… continua

Explore posts in the same categories: Alunos da prisão, ASP, Educação, Educação prisional, ezequiel funap, febem, monografia, privados de liberdade, Relatos da prisão, Sem-categoria, unisa

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: